domingo, 15 de fevereiro de 2009

Batata doce vs Batata inglesa

Continuando a série de posts comparando alimentos, este se dedicará à comparação entre batata doce e batata inglesa, dois alimentos que devem fazer parte de uma dieta saudável. Ambos os alimentos são cheios de vitaminas e carboidratos de moderado ou baixo índice glicêmico.

É importante saber a diferença entre os dois, pois são alimentos que diferem bastante em seus índices glicêmicos. Para usufruir melhor do potencial de cada um deles, vamos ao confronto!

Obs.: por 100g de alimento






Batata cozida
Batata doce
Calorias



88,4kcal
100,88kcal
Proteína



2,21g
1,75g
Gordura



traços
traços
Gordura insaturada



traços
traços
Gordura saturada



traços
traços
Gordura poliinsaturada



0,07g
0,09g
Colesterol



0g
0g
Carboidrato



19,75g
24,56g
Cálcio



5,15mg
28,07g
Ferro



0,29mg
0,44mg
Fósforo



44,12mg
55,26mg
Potássio



378,67mg
348,24mg
Sódio



3,68mg
9,65mg
Vitamina A (UI)



0g
21824,56UI
Vitamina A (Retinol eq.)



0g
2182,4RE
Tiamina



0,1mg
0,07mg
Riboflavina



0,02mg
0,12mg
Niacina



1,47mg
0,61mg
Ácido ascórbico



13,23mg
24,57mg


Resultados

Como podemos ver na tabela nutricional de cada um dos alimentos, a batata-doce ganha em vários aspectos. Ela tem mais carboidratos, vitamina A, tiamina, riboflavina, ácido ascórbico, sódio, fósforo e cálcio. Além disso, seu índice glicêmico é mais baixo que o da batata inglesa, sendo uma ótima escolha para refeições ao longo do dia. O IG (índice glicêmico) da batata-doce é 77, enquanto que o da batata inglesa, cozida, é de 91. O consumo de batata-doce evita um pico de insulina que em último caso levaria a um acúmulo de gordura.


Ao vencedor, as batatas! Fonte: http://www.colegiosaofrancisco.com.br/alfa/batata-doce/imagens/batata-doce-1.jpg.

Muitos atletas, incluindo fisiculturistas, preferem a batata-doce à batata-inglesa nas fases de treinamento, tanto na de ganho de peso (offseason), quanto na de perda de gordura (precontest). Como os fisiculturistas são os atletas que mais se importam com o corpo e com a alimentação, é de bom grado seguir a sugestão.

A batata inglesa, apesar de perder em vários aspectos, pode ser explorada quanto ao seu índice glicêmico elevado. Em uma refeição pós-treino, a batata inglesa é uma ótima escolha, ainda mais se for amassada ou cozida no vapor, aumentando ainda mais seu IG. Como funciona esse processo?

Como dito anteriormente, o índice glicêmico é uma grandeza que mede a velocidade com a qual a glicemia (nível de glicose no sangue) aumenta. Assim, alimentos mais simples de serem degradados, digeridos e absorvidos têm normalmente um índice glicêmico maior, justamente porque serão absorvidos mais rapidamente na forma de glicose e de outros monossacarídeos, aumentando a glicemia. No caso da batata inglesa, se pegarmos uma batata inteira e amassarmos, vamos facilitar bastante a digestão na boca e no intestino delgado. Facilitando a digestão, vamos acelerar a absorção pelas células do intestino delgado. Como a velocidade de absorção é maior, assim também é o índice glicêmico de uma batata amassada, se comparado ao de uma batata inteira.


Batata inglesa comum.

Isso pode ser usado para diversos alimentos, como tubérculos, frutas, cereais, etc. Quanto menores forem as partículas do alimento, maior será o "novo" índice glicêmico. Vale agora lembrar das aulas de Química: "Quanto maior a superfície de contato, maior a velocidade da reação." E é exatamente da mesma forma com os alimentos, quando se fala sobre a velocidade de digestão, absorção e o índice glicêmico, consequentemente.

Seja no almoço, lanche ou jantar, a batata-doce e a batata inglesa são opções de carboidrato que não podem faltar no dia-a-dia de um atleta ou de um indivíduo saudável. Ambos são alimentos excelentes, com uma quantidade considerável de carboidratos, vitaminas e minerais.

Bom apetite!

9 comentários:

  1. Excelente texto! Ótimo blog!
    Sabemdo agora um pouco mais sobre as batatas, fiquei preocupado com um novo hábito que estou passando. Tenho 1.80m e 73kg e estou querendo "aumentar". Treino pela manhã (estou tomando Whey e comendo bem durante o dia), mas minha refeição duas horas antes de dormir está sendo um purê de batata inglesa (batata amassada, com um pouco de sal, leite desnatado e um pouquinho de manteiga). Você acha que isso pode me dar acúmulo de gordura abdominal?
    Obrigado pelas informações muito proveitosas.

    ResponderExcluir
  2. Muito instrutivo, resolveu a minha dúvida. parabéns!

    ResponderExcluir
  3. hahaha! Pesquisando sobre diferenças entre batata doce e inglesa, olha o blog de quem que aparece em 1º lugar! hahaha
    Bárbara Vilarinho

    ResponderExcluir
  4. Muito bom mesmo.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Gosstei das informações, apesar de gostar e comer muitas batatas durante a semana e fim de semana na maionese.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela explicação...vamo comer batata galera...ótimo sabádo á todos !

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito deste post eu treino HipHop e preciso ganhar força, essas informações serão me ajudar muito e estão muito completar, parabéns e vlw salveee

    ResponderExcluir
  8. Otimo...muito bem explicado...

    ResponderExcluir